quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Encosto de cadeira.

O dia que vi esses encostos eu estava
voltando da caminhada e meu marido estava junto.
Putz! ele literalmente não deixou eu pegar,
É que ele ainda não se acostumou com isso, e eu
teria que arranca-la da parte de baixo.
ok! sem problemas,brigar pra quê né?
 Pego depois, sem problemas, rss
No dia seguinte saí pra caminhar e voltei pelo mesmo
caminho e mentalizando desde o dia anterior que nenhuma outra
arteira
enxergaria as cadeiras.
E ufa! estavam lá, e foi fácil fácil tirar.

Tres dias depois passamos por lá, e meu marido olho e disse:
__Olha! levaram as partes de cima.
Eu respondi:
___Nossa! levaram!
Na hora ele sacou que tinha sido eu.
balançou a cabeça e deu risada.


Já passei duas demãos de tinta
branca e agora ela me aguarda pacientemente
pra que eu vá termina-la.
Colocarei espelho.
Amo espelhos