domingo, 12 de fevereiro de 2012

Gavetinhas na parede



Outro dia li numa comunidade, uma pessoa
que acha ridículo, uma pessoa que não precisa,
ficar revirando entulhos em busca de objetos jogados, e levar pra casa pra renova-lo.

Sabe, e quem escreveu isso foi uma mulher, 
que vive se lamentando,
que se acha a injustiçada, a traída pela vida e pelas pessoas.
Não sou de ficar lendo porcarias por aí, e colocar no blog como desabafo, ou fofoca
mesmo porque meu blog não é pra isso,
mas fiquei
com aquilo na cabeça....
Acho que ninguém nesse mundo,
 vai conseguir a agradar as pessoas,
e por mais que façamos aos outros, eles sempre irão reclamar,
 e ficar se lamentando, mendigando por atenção, carinho, esse  não é o caminho.
  Já fui muito chata sim em minha mocidade,
se achando a pior mulher do mundo trancada em casa,
 cuidando de duas crianças,
eqto meu marido ficava na rua ganhando a vida, cercada de mulheres bonitas e cheirosas.
Sou moderadora da comunidade Donas de casa do orkut,
 e lá tem muito depoimento meu, onde falo sobre  minha experiência de gata borralheira e como acordei.
E uma delas, foi fazendo arte, foi sendo útil a mim mesmo, porque o valor só ganhamos de nós mesmo,
Um exemplo disso é quem trabalha fora, que só é útil e valorizada, eqto está dando lucro para a empresa, caso contrário é um pé no traseiro sem dó.
Reciclar o objeto abandonado, é uma questão de se valorizar como pessoa que pensa, que sabe fazer,que sabe criar, reutilizar, que cuida do planeta, que cuida da sua vaidade, do seu ego, porque ver uma peça feia, fedida, suja, totalmente reciclada por mim, não tem dinheiro algum que pague, faço trocentas peças de crochê que acabo dando tudo de presente, e vai acontecer logo com minhas reciclagens, porque daqui a pouco não cabe mais nada em casa, e eu tbém não estou pra entupir minha casa e depois ter trabalho pra limpar e não sobrar tempo para outras artes, rsrsss

Lembrei daquela música..
Eu me amo, eu me amo, não posso mais viver sem mim, rssss
é por aí!

E depois desse blá blá blá todo, rsss
 e se alguém ler o que escrevi, e está aí se sentindo um lixo,
aproveite e tire do lixo uma nova mulher.
Aproveite a renovação para o ano novo e bote a mão na massa,
"muitas pessoas só planejam e nunca fazem nada né?"
Invente, tente, faça um 2012 diferente.